NEWS
Gravações de DOCE BRASIL HOLANDÊS terminam com Maracatu

 

Encerraram no dia 28 de março as gravações do documentário Doce Brasil Holandês. Poucos dias antes, a alemã Sabrina van der Ley se despediu do Recife e dos Wanderleys numa apresentação de Maracatu no pátio de São Pedro, centro da capital pernambucana.

 

No encontro, estavam alguns Wanderleys que Sabrina conheceu ao longo dos dias em que passou no Brasil. Entre os presentes, estavam Dom Gerardo Wanderley, monge do mosteiro de São Bento (Olinda), Kalina Vanderlei e Lucia, Gil e Diva Wanderley, que foram ao local se despedir da alemã. O Maracatu Estrela Brilhante foi conduzido pelo mestre Barachinha.

 

Ao longo de 15 dias, Recife foi documentada dos arrecifes, do mar, dos altos prédios, das praias, das ruas e dos mercados, revelando uma cidade, que viveu um dos períodos mais gloriosos da história colonial brasileira. História essa, que não se preservou na arquitetura, mas sim, na memória e na fantasia do povo pernambucano, que a conta e a inventa a cada depoimento, gravados para o documentário.

 

Com o fim das gravações, o montador Kiko Ferraz, se prepara para a edição de mais de 60h de material, que resultarão no filme de 60 min, que terá seu corte final em agosto.

Doce Brasil Holandês